O TABULEIRO Marcelino Rodriguez Quem sabe de Deus É cavaleiro branco Amarelo é o centro De um enorme girassol Que vai além do sol Quem não reza pra comer È cavaleiro negro Que não se presta a nunca agradecer Só quer aparecer E ser sempre o primeiro A correr quando surge qualquer luz Eu já escolhi meu lado. Meu lado nesse tabuleiro. Estou do lado é do feiticeiro. Do feiticeiro que vive sem medo Além da sombra e além da luz. Busque seu graal Se quiser viver Quando enfim a sombra desaparecer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s